As Meninas do Quarto 28 The Girls of Room 28, Theresienstadt
As Meninas do Quarto 28The Girls of Room 28, Theresienstadt

News

6 August 2021. Hannelore Brenner

Clube de Leitura, Brazil

Surprising news came from Brazil via Karen Zolko, designer of the Brazilian exhibition As Meninas do Quarto 28:

 

"Your book As Meninas do Quarto 28 was chosen 'Book of the month' by a special group named H.R. Clube de Leitura."

The Clube de Leitura focuses on nonfiction books and biographies. Members of the club read one book each month and have a virtual meeting to discuss their impressions. Books are chosen by voting. They choose a topic and members suggest titles. All suggested books are put to vote. The book that receives the most votes is put on the agenda for the members to read and eventually to exchange their impressions.

O Clube de Leitura tem seu foco em livros e biografias não-ficção. Os sócios do Clube leem um livro por mês e se reúnem mensalmente para discutir suas impressões. Os livros são escolhidos através de votação. Os membros escolhem um tópico e sugerem os títulos. Todos os livros sugeridos são colocados em votação. O livro que recebe mais votos é colocado na ordem do dia para que os membros o leia e, eventualmente, troquem suas impressões.

Shortly after Karen called me up to tell me the news, I had a virtual meeting with the founder and manager of the "Clube de Leitura", Vanessa Cazaratto, a young journalist and charming woman. Good chance would have it that the translater of the book into Portuguese and good friend of mine, Renate Müller, is my guest these days. So the conversation went easily, but very emotional at the same time. Of course I felt honored by Vanessa's and her group's appreciation of my book and wondered: Why? How did it happen that they chose my book of all books of the category they were looking for?

I asked Vanessa, to let me know a little bit more about their reasons and arguments. Today I got her answer; and also an echoe from Meire, member of the group. I am happy to publish what they wrote.

 

Thank you, Vanessa! Thank you Meire!

Thank you, dear members of the Clube de Leitura!

Pouco tempo depois do telefonema de Karen me dando a notícia, tive um encontro virtual com a fundadora e responsável pelo “Clube de Leitura”, Vanessa Cazaratto, uma jovem e charmosa jornalista.

Por sorte, Renate Müller, minha grande amiga e tradutora do livro para o português, está hospedada em minha casa. Isso facilitou muita nossa conversa cheia de emoções.

Me senti honrada pela escolha do meu livro e, ao mesmo tempo, fiquei intrigada e perguntei: Por quê? Como o grupo escolheu meu livro entre tantos outros bons livros existentes?

Pedi à Vanessa que me contasse um pouco mais sobre seus motivos e argumentos e hoje recebi sua resposta, bem como um eco de Meire, uma integrante do grupo. Fico feliz em publicar o que ambas escreveram para mim.

 

Obrigada, Vanessa! Obrigada Meire!

Obrigada, queridos sócios do Clube de Leitura!

Readers Echoes

Vanessa Cazarotto

Vanessa Cazarotto

Vanessa is the creator of "Histórias Reais (H.R.) - Clube de Leitura" a graduate in journalism. She discovered her passion for true stories in early age and is dedicated to research and record true stories. The boook "As Meninas do Quarto 28" was an inspiration for her.

Hannelore Brenner's book was a wonderful surprise for us. “As Meninas do Quarto 28” certainly is one of the best we've ever read. Hannelore Brenner masterfully presents a strong, complex and emotional theme in a loving, respectful and responsible writing.

 

Through the book “As Meninas do Quarto 28”, we learned about the ghetto Theresienstadt, unknown to most readers of the club. We were also introduced to what an engaged educator is capable of, to the conflicts of those persecuted during war and to the power of art. Hannelore strikes the perfect balance between the nasty aspects of war and the little beauties of life, human’s evil and sensitivity and the pain and the need to honor one's story.

 

We in our club lived for a month in the company of a book that made us seek to know more about the subject, researching additional information and reflecting a lot on various issues. It was a very rich reading and it provided valuable interactions between club members.

Vanessa Cazarotto

A idealizadora do Histórias Reais - Clube de Leitura descobriu nas histórias sua maior paixão. Graduada em jornalismo, dedica-se a pesquisar, registrar e contar histórias de vida, carreira e família. Viu no trabalho de Hannelore uma inspiração.

"O livro de Hannelore Brenner foi uma surpresa maravilhosa para nós. Nosso clube de leitura foca em livros não ficcionais, em especial, livros-reportagem e biografias. Lemos um livro por mês e temos um encontro virtual para discutir nossas impressões sobre a leitura.

No clube, os livros são escolhidos por votação. Escolhemos o tema e os membros sugerem os títulos. Todos os livros sugeridos vão para votação. O livro mais votado entra no nosso cronograma.

 

“As meninas do quarto 28”, com certeza, entra para a lista dos melhores que já lemos. Hannelore Brenner apresenta um tema forte, complexo e emocional com maestria. Uma escrita afetuosa, respeitosa e responsável. 

 

Através do livro “As meninas do quarto 28”, pudemos conhecer Theresienstadt, um campo/gueto desconhecido para a maioria dos leitores do clube. Fomos apresentados também ao que um educador engajado é capaz, aos conflitos de perseguidos durante a guerra e ao poder da arte. Hannelore consegue o perfeito equilíbrio entres os aspectos asquerosos de uma guerra e as pequenas belezas da vida. Entre a maldade e sensibilidade humanas. Entre a dor e a necessidade de honrar a própria história e dos seus.

 

Vivemos um mês na companhia de um livro que nos fez buscar saber mais sobre o assunto pesquisando informações complementares e refletindo bastante sobre diversas questões. Foi uma leitura muito rica e que proporcionou interações valiosas entre os membros do clube.

Meire Elem

Meire Elem Galvão

Meire, a member of and contributor to Histórias Reais - Clube de Leitura, is a voracious reader. Since she was a child, she saw in books the opportunity to travel, interact and get to know other realities.

My name is Meire Elem. I am a contributor to our club because I believe real stories have the power to change lives and promote a better future. I read the book "As Meninas do Quarto 28" and I consider Hannelore's work as an accurate, informative and sensitive narrative.

Here are some points that touched me:

 

  • The richness of detail that explains, contextualizes and proves the facts.
  • The strength that the Art has, like in the Brundibár performances, when the children didn’t wear the yellow star and they felt free. That really touched me. The way the author told the story made me see those moments.
  • The book deeply touched me in many moments - in the accounts of pain and suffering, especially in the passages about the strength that came from friendship and art - music, acting and drawing.
  • It impressed me to learn how the caregivers of these girls tried to save not only the physical lives of their protegées, but how they tried to save them  mentally and how they helped to shape their  character.

For me the message was that regardless of the environment or circumstances we live in, we can be happier if there are people who help us see beyond the difficulties.

Meire Ellem Galvão

Colaboradora do Histórias Reais - Clube de Leitura é uma leitora voraz. Desde criança viu nos livros a oportunidade de viajar, interagir e conhecer outras realidades. Viu no trabalho de Hannelore uma narrativa precisa, informativa e sensível."

"Hannelore, é um prazer enorme ter a oportunidade de falar com você. Receba minha gratidão pelo maravilhoso trabalho que você faz e parabéns pelo compromisso que você tem com a história do Holocausto.

 

Meu nome é Meire Elem. Sou colaboradora desse clube de leitura de histórias reais porque acredito no poder que as histórias reais tem de transformar vidas e de ajudar a promover um futuro melhor. Li seu livro e me marcou:

 

  • A riqueza de detalhes que explica, contextualiza e comprova os fatos. 
  • A força que a arte tem. Não ter que usar a estrela amarela durante a apresentação do Brundibár e se sentir livre. Me emocionou. 
  • O modo como você conta os fatos me fez visualizar aquele momentos.
  • O livro me tocou profundamente em diversos momentos, tanto os relatos de dor e sofrimento, mas principalmente os de força, que demonstram o poder da amizade, da arte por meio da música, da atuação, dos desenhos.
  • As cuidadoras que estavam com aquelas meninas salvaram não apenas a vida física delas, mas a mental também e ajudou a forjar o caráter delas. Para mim ficou a mensagem de que independente do ambiente e das circunstâncias que estamos vivendo se tivermos pessoas que nos ajude a ver além, apurando o olhar podemos ser mais feliz. Um abraço forte.

Meire Elem D. C. Galvão"

New publication 2021

New Polish editions

Book-rights available: English, Portuguese and more...

Book-rights: Hannelore Brenner

Music Theatre Play. Portuguese.

Translated by Renate Müller. She also translated the book "As Meninas do Quarto 28" from German into Portuguese.

Renate and Hannelore in São Paulo

Books. Compenium

Learn all about Room 28 Projects and the Educational Project here:

Visitors of this Website since 15  May 2014:

Druckversion Druckversion | Sitemap
© Hannelore Brenner-Wonschick, Berlin, 2016