Books

Translator's note

Renate Müller on

As Meninas do Quarto 28

Quando eu aceitei traduzir o livro As Meninas do Quarto 28, não imaginei o que estava por vir. Devagar, de modo quase imperceptível, as meninas se instalaram no meu escritório, invadiram meu computador e povoaram meus pensamentos. Com as meninas conheci pessoas incríveis e lugares especiais. Elas continuam aqui e me acenam a cada dia. Espero que elas também toquem os seus corações através do livro e da exposição.

 

Durante a Segunda Guerra Mundial, milhares de judeus perderam a pátria, a dignidade e a vida. Suas histórias são muito semelhantes àquelas que já lemos e, ao mesmo tempo, tão diferentes quanto seus nomes e os pertences que ficaram para trás.

 

Alguns desses nomes estão neste livro. Helga, Flaška, Zajiček, Marta, Judith, Eva, Handa... Sessenta meninas moraram no Quarto 28 do Abrigo para meninas, das quais somente quinze sobreviveram. Suas histórias, mescladas com fatos históricos e anotações do diário de uma das meninas, Helga Pollak, desenhos infantis feitos durante aulas de desenho secretas e poesias escritas em álbuns de recordações, nos convidam por uma caminhada pelo campo de concentração Theresienstadt – uma cidade de faz de conta, idealizada pelos nazistas para desviar a atenção da imprensa e da Cruz Vermelha internacional do que realmente estava acontecendo.

Neste livro, Hannelore Brenner reúne relatos e documentos e conta sua história. Uma história feita de tristeza, amizade, compaixão e esperança.

 

Renate Müller, Berlin

 

 

 

 

 

 

January 2017

The Compendium to the Educational Room 28 Projects is published!

Visit the Website of:

Leya. Sao Paulo
The Theresienstadt Diary by Helga Pollak-Kinsky, publihsed by Ediiton Room 28

"As Meninas do Quarto 28" in Porto Alegre presented by Karen Zolko

Visitors of this Website since 15  May 2014:

Druckversion Druckversion | Sitemap
© Hannelore Brenner-Wonschick, Berlin, 2016