The Girls of Room 28 Theresienstadt
The Girls of Room 28Theresienstadt

English |  Brazilian | Deutsch

As Meninas do Quarto 28

Como tudo começou

O projeto começou com três documentos e duas mulheres de um grupo de sobreviventes do holocausto, “As meninas do Quarto 28”.

As mulheres são Anna Hanusová, nascida Flachová, chamada de Flaška por suas amigas, e Helga Kinsky, nascida Pollak. Os documentos são o álbum de poesias de Flaška e o diário de Helga, escrito em Theresienstadt.

Terezin diary, Helga Pollak, Ghetto Theresienstadt Helga Pollak's Terezin diary

O autêntico diário de Helga, escrito entre 1943 e 1944, fornece uma visão extraordinária da vida e do mundo de uma menina judia de 12 a 13 anos de idade, que foi deportada para o gueto Theresienstadt e também nos transmite uma ideia detalhada do cotidiano das crianças que viviam no Abrigo para Meninas L 410, em Theresienstadt. Esse cotidiano está permeado da catástrofe que se avizinhava. O diário é uma crônica dos acontecimentos no gueto e reproduz eventos marcantes – tais como os temidos transportes para o Leste.

Anna Hanusová, Scrapbook Flaška, Ruth Schächter Page of Flaška's scrapbook

O álbum de poesias de Flaška contém mensagens e desenhos de crianças amigas que viveram no Quarto 28. Muitas mensagens são os derradeiros testemunhos de vida dessas meninas, escritos pouco antes de serem confinadas em um transporte. A maioria dessas meninas foi assassinada nas câmaras de gás de Auschwitz.

 

Children´s Opera Brundibár, Hans Krása, Beginning Room 28 Brundibár poster © Pamatnik Terezin

O projeto começou com a ópera infantil “Brundibár”, de Hans Krása e Adolf Hoffmeister. Em 1996, eu estava envolvida com uma pesquisa para um programa de rádio que abordava a história dessa ópera. Nos EUA encontrei-me com Ela Weissberger, que havia representado o papel de gato nas apresentações da ópera em Theresienstadt. Ela Weissberger falou sobre suas amigas do Quarto 28 e me convidou para ir a Praga, onde ela se encontraria em setembro com algumas das amigas do Quarto 28. Pouco tempo depois, conheci pessoalmente Judith, Evelina, Flaška e Helga.

Esses encontram marcam o início do Room 28 Projects.

 

CD with radio-documentary

O programa de rádio foi produzido em 1997 pelo “Sender Freies Berlin”. Em 1997, o Österreichischer Rundfunk de Viena elaborou uma nova produção. Em 1998, este programa de rádio foi publicado como CD duplo pelo EDA (com algumas adaptações).  No programa original do ORF, os Meninos Cantores de Viena cantam a ópera infantil Brundibár. Para o CD do EDA foi utilizada uma apresentação de Stuttgart, cuja produção pode ser ouvida no primeiro CD. Este CD encontra-se à venda.

Um novo CD com o programa original, cantado pelos Meninos Cantores de Viena, será reeditado no verão de 2015 pelo Edition Room 28 como parte do Projeto Cultural do Room 28.

 

Em 1996, Helga, Flaška e eu nos aliamos para criar um memorial. Foi cogitado um “memorial em forma de livro”. Outras sobreviventes do Quarto 28 se juntaram a nós: Judith, Hanka, Handa, Eva, Ela, Evelina, Vera e Marta.

 

Em 1998 nos encontramos pela primeira vez em Špindlerův Mlýn, nas Montanhas dos Gigantes, na República Tcheca, para iniciar os trabalhos para o projeto do memorial.

Os encontros anuais em setembro de cada ano se tornaram uma gostosa tradição e continuaram até depois de 2004, quando o livro, a peça teatral e a exposição já eram uma realidade, contando a história das “Meninas do Quarto 28”.

Panel of the English exhibition

This Website informs about Room 28 Projects based in Germany and its partner organization Room 28 Projects - Brasil.

Exhibition

"As Meninas do Quarto 28" in Porto Alegre presented by Karen Zolko

Book

Leya. Sao Paulo

Room 28 Projects encompasses further branches presented on different websites:

The Diary of Helga Pollak

Zwockhaus

Representative of the Zwockhaus: Hannelore Brenner.

Visitors of this Website since 15  May 2014:

Druckversion Druckversion | Sitemap
© Hannelore Brenner-Wonschick, Berlin, 2016